Translate

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Resenha: Acampamento de Inverno Para Músicos (nem tão) Telentosos

Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos

Clara Savelli
Plataforma Amazon



  Este início de ano (2017 começou muito bem) está me trazendo muito presentes. Um deles foi este livro divertidíssimo de Clara Savelli, uma autora muito alto astral, que conheci em uma das maravilhosas edições da Bienal do Livro no Rio de Janeiro. 
 Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos é um livro muito legal que conta as aventuras de Amanda, uma adolescente que acha que a vida dela é controlada pela lei de Murphy, aquela que diz, entre outras máximas, que quando uma coisa não está dando certo, nada impede que fique pior (ou coisa parecida). Amanda toca flauta e se acha horrível, pensamento totalmente diferente de sua amiga Lila, que a convence a ir para o acampamento. Lá, Amanda se vê entre pessoas diferentes, entre ela Anna Julia, que se auto denomina KatyCat (fã de Katy Perry que só ela) e Igor, que em princípio Amanda chama de Little Monster, que lhe passa um formulário com perguntas sobre Lady Gaga. Lila é bem animada, mas não contagia muito Amanda. As duas conhecem, então, Gustavo, com quem Lila começa a ter um relacionamento, e Eduardo, seu melhor amigo, um garoto ruivo e calado que Amanda custa a desvendar. 
 Entre aulas e confusões, Amanda começa a ficar com Bruno, um dos monitores, mas a banda não toca do jeito que ela gostaria e há a decepção. No entanto, há também a bondade, amizade e amor em meio à música, dança e Amanda é levada a participar (e compartilhar com Eduardo) de um evento que mudará seu jeito de ver a vida.
 Um livro muito gostoso de se ler, fácil e tranquilo. Ele me transportou a momentos bastante agradáveis e, apesar de contar uma história de amor entre teenagers, não tem nada de comum ou igual. Estou apaixonada pela narrativa, pelos personagens e pela forma como a autora apresentou cada pedacinho dessa bela história, que tem uma coisa que sempre amei: música. Recomendo a todos e deixo aqui um vídeo da música que... Bem, não vou contar a magia. Leiam o livro e vocês entenderão e, acreditem, também se apaixonarão.

Ed Sheeran in Thinking Out Loud







Clara Savelli

“Carioca da clara. Vive no seu próprio céu de diamantes. Gosta de pensar que é padawan da Meg Cabot, ainda que prefira o lado negro da força. Fez duas faculdades ao mesmo tempo, mas não tem um vira-tempo. Enquanto espera o convite de Zordon para fazer parte dos Power Rangers, passa o tempo livre escrevendo livros.”


Clara Savelli é carioca, nascida em Outubro de 1991 e uma mulher de mil e uma utilidades: escritora, bacharel em Relações Internacionais e advogada.

Vencedora do Prêmio NRA 2009 nas Categorias "Melhor Livro Não-Concluído", "Melhor Autora" e "Melhor Entrevista". Vencedora do Prêmio Paulo Britto de Literatura 2011 na Categoria Prosa. Menção Honrosa no Concurso Internacional de Contos Vicente Cardoso 2012. Vencedora do Wattys 2015 e do Wattys 2016.
Autora de Mocassins e All Stars, Acampamento de Inverno para músicos (nem tão) Talentosos, Tiete!, Chinelo e Salto Alto e diversos contos. Colunista semanal do blog Psicose da Nina, da Woo Magazine e redatora da Revista Publiquei!

Redes Sociais da Autora:

Facebook 




segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Evento: Clara Savelli e Aimée Oliveira na Livraria Travessa do Barra Shopping

Evento:


Venha conhecer e rever as autoras mais fofas desse Brasil! Tem maneira melhor de começar o ano? Aproveite o evento para adquirir seu exemplar com autógrafo e receber muito carinho da Aimee e da Clara. E claro que sempre rola aquele brinde para quem for prestigiar o evento... Então, pode marcar na sua agenda!

Convidamos vocês para Sessão de autógrafos dos livros:

Mocassins & All Stars - Clara Savelli
Pela Janela Indiscreta - Aimee Oliveira
Amores Improváveis no colégio (coletânea de contos) - Aimee Oliveira [LANÇAMENTO]

O evento rola dia 08/01, às 16h, na Livraria da Travessa do Barra Shopping.

REGRAS DE PARTICIPAÇÃO
- O atendimento será por ordem de chegada;
- As autoras atenderá o maior número possível de leitores dentro do horário permitido pela livraria;
- Serão permitidas (MUITAS) fotos com celulares e/ou câmeras pessoais.
- Brindes estão sujeitos a disponibilidade em estoque. Então, chegue cedo!




Link do Evento no Facebook

Resenha: Doce Inocência - Outro Olhar Sobre o Seu

Doce Inocência - Outro Olhar Sobre o Seu - Volume I
Lu Muniz
Asè Editorial



Lido em apenas 3 horas
 Conheci Lu Muniz em uma tarde de autógrafos de Thati Machado (Poder Extra G, muito bom!) e fiquei muito feliz por encontrar uma pessoa tão legal e alto astral que passei a admirar. E não pude deixar de ir à sua tarde de autógrafos na Livraria Gutenberg no Partage Shopping, em São Gonçalo, onde adquiri seu livro Doce Inocência - Outro Olhar Sobre o seu. Devido a muitos problemas que tive, só vim a ler o livro hoje e, pasmem, eu o fiz em apenas 3 horas (fui interrompida algumas vezes)! Sabem uma história que te leva de volta no tempo, quando a gente era adolescente e se encantava com algum garoto? Pois é. Foi assim que me senti. Ô saudade boa! Este livro me causou sentimentos tão bons que fiquei horas pensando na história e já me sentindo ansiosa por ler a continuação.


Lu Muniz e eu

 O livro nos traz a história de Francine, uma jovem que está prestes a completar 18 anos e que percebe que o grande amor de sua vida, Ivan, um rapaz 13 anos mais velho do que ela, amigo de seu irmão Alex, criado com eles por assim dizer, está voltando, uma vez que havia ido morar fora do país. Ivan, além de professor de educação física, é músico e resolve voltar para o país para construir sua carreira definitivamente, em terras Tupiniquins, como produtor entre outras coisas. Ele não sabe desse amor de Francine, essa "coisa que mete medo pela sua grandeza" que ela sente desde os 14 anos e é com surpresa que ele se descobre atraído por ela, desejando-a, querendo-a. Esse turbilhão de sentimentos leva os dois a vários conflitos, pela idade, pela quase "fraternidade", pelo medo da opinião alheia. Aos poucos, Ivan percebe que Francine não é mais aquela adolescente tímida e "esquisita", que ele viu nascer, e sim uma mulher, cheia de opinião e vontade própria. Porém (como diz Constantini, "tem sempre um porém".), há todo um caminho a percorrer até que esse amor aconteça: os conflitos de Francine com sua mãe, D. Lúcia, os perigosos garotos "não tão certinhos" que entram no caminho da garota, a luta interior de um homem que finge não saber de um sentimento verdadeiro. É, coisas que o coração explica fazendo o bom senso parecer um bêbado na linha do trem..
 Confesso que me sinto enlevada. Há tempo não me pegava sonhando e isso me emociona. De repente descobri que ainda posso sonhar com o amor.
 Leiam e sonhem também! Eu os convido.